Qual é o seu trabalho?

Você que trabalha na área de tecnologia já tentou explicar para seus familiares qual o seu trabalho? Parece até engraçado mas faz parte da vida real. Faz algum tempo estava conversando com um amigo sobre esse assunto. Ele citava que a família comentava que não entendia como ele em casa trabalhando no home office ganhando um bom dinheiro.

image

Outro dia eu estava tentando explicar qual o meu trabalho para um tio. Usei a estratégia do eu não faço isso para  tentar eliminar as coisas que ele achava ser.

– Não conserto computador
– Não digito texto no Word
– Não vendo computador
– Não sou programador
– Não faço “arte” no computador

Vocês podem imaginar a cara do meu tio tentando compreender tudo o que eu não faço que ele achava ser o meu dia a dia.

image

Agora que ele já tem uma direção eu fui explicar que trabalho na área de consultoria voltada para empresas que desenvolvem software apoiando a implantação do ciclo de desenvolvimento.

Eu acabei usando o termo fábrica de software e confusão foi geral. Ao invés de resolver apareceram mais umas 20 interrogações na cabeça dele. Dai voltamos a conversa do inicio, pois ele ainda estava curioso para entender.

Como parte do meu trabalho envolve disciplinas de engenharia de software, arquitetura de software, gerenciamento de projetos e todo o ciclo de desenvolvimento eu acabo por compartilhar experiências do desenvolvedor ao Software Engineer passando pela área de qualidade aos tomadores de decisão. Eu fiz um desenho em um pedaço de papel apresentando os principais papéis envolvidos em um ciclo de desenvolvimento e  expliquei meu envolvimento com todos eles.

Por fim acho que meu tio entendeu que nossa área de informática é muito grande e a cada dia abre novas oportunidades. Investir na carreira é fundamental e estudar muito é o diferencial. Use todos os canais de comunicação disponível como: WebCast, MSN, Blogs, Redes sociais para ampliar o seu conhecimento.

Todo inicio na profissão é difícil. Eu lembro que quando decidi pela área a família era contra, pois alguns anos atrás ainda não tínhamos uma visão tão promissora da área de informática como temos hoje. Já atuei em todos os papeis envolvidos no ciclo de desenvolvimento de software e passando por diversos desafios sempre busquei superar. Desistir nunca fez parte do meu dicionário. Já tive projetos em eu que coordenava em que fazia de tudo sendo desenvolvedor, gerente, suporte e ainda participava de reuniões com usuários.

Na minha visão as dificuldades que apareciam eram sempre de motivação para usar depois como experiência adquirida e foi isso que acabou resultado ao longo dos anos dedicados a área de desenvolvimento de software.

Hoje eu sou respeitado pelo meu trabalho em qualquer lugar que chego e isso me deixa muito contente, pois faço o que gosto e não tem coisa melhor que ver um cliente satisfeito ao final de um projeto entregue. Acredito que esse seja o objetivo de muitos profissionais e é o fato que me motivou a escrever nesse momento para dizer que você também pode chegar lá.

Participo também escrevendo artigos, entrevistas e palestras nos maiores eventos no Brasil voltados para a área de desenvolvimento de software. Tenho 10 publicações na editora Linha de Código e um livro desenvolvendo para web na editora Brasport.

Eu tive a oportunidade de visitar por três vezes a Microsoft nos EUA. Participar de palestras com o Bill Gates, Steve Ballmer, Scott Gu (Guru ASP.NET) e Anders Hejlsberg (criador do .NET Framework) e consegui fazer tudo isso graças muita dedicação e profissionalismo.

A tecnologia está evoluindo cada vez mais rápido e não tem volta. Você que precisa se adaptar e procurar sempre ficar atualizado para oferecer as soluções conforme as necessidades de negócio que forem aparecendo além de moldar sua carreira com objetivos a longo prazo.

Depois de muita conversa e muitas risadas hoje meu tio sabe qual é o meu trabalho e não me liga mais para trocar um cartucho da impressora. E você qual é o seu trabalho ? Participe comentando agora mesmo.

[],
Ramon Durães
Especialista em desenvolvimento de software