/* */

Microsoft libera acesso ao código fonte do .NET Framework (Debug)

.NET Framework 3.5 – Código Fonte

Com o lançamento do Visual Studio 2008 e do .NET Framework 3.5 a  Microsoft anunciou publicamente a liberação de acesso ao código fonte para debug mediante concordância com os termos de licenciamento. Vale lembrar que as versões Express (Gratuitas) não terão acesso a essa funcionalidade.

Para ter o acesso você precisa rodar um hotfix que vai atualizar o Visual Studio 2008 de forma a suportar os downloads dos arquivos de Symbols com as informações necessários ao debug.

As classes abaixo estão disponíveis para utilização:

.NET Base Class Libraries (including System, System.CodeDom, System.Collections, System.ComponentModel, System.Diagnostics, System.Drawing, System.Globalization, System.IO, System.Net, System.Reflection, System.Runtime, System.Security, System.Text, System.Threading, etc).

ASP.NET (System.Web, System.Web.Extensions)

Windows Forms (System.Windows.Forms)

Windows Presentation Foundation (System.Windows)

ADO.NET and XML (System.Data and System.Xml)

Siga os procedimentos abaixo para configuração:

1) Instale o hotfix Visual Studio 2008 QFE
https://connect.microsoft.com/VisualStudio/Downloads/DownloadDetails.aspx?DownloadID=10443&wa=wsignin1.0
Pode ocorrer um erro durante a instalação desse fix caso você tenha uma versão anterior (beta 2) instalado. Para
resolver basta colocar o dvd do Visual Studio 2008 no drive.

2) Configurando o Visual Studio 2008
Inicie o VS2008 e vá em Tools > Options > Debugging

a) Para iniciar o debug do código fonte desmarque a opção: Enable Just My Code (Managed only)
b) Certifique de marcar a opção: Enabled source server support


Figura 01 – Configurando o debug

3) Configurando arquivo Symbols
O Visual Studio 2008 vai automáticamente baixar os arquivos necessários para o debug do código fonte. Para isso você precisa seguir
os passos de configuração abaixo:

a) Adicione a referência para : http://referencesource.microsoft.com/symbols
b) Defina a pasta que será salvo os arquivos de debug.
c) Marque a opção: Search the above loactions only when symbols are loaded manualy
d) Você pode optar também por não marcar a opção citada na letra “c” que o Visual
Studio vai fazer download automático, porém pode demorar a depender da conexão internet (+- 50 MB).


Figura 02 – Configurando Symbol

4) Iniciando Debug..
Chegou o tão esperado momento de colocar em prática os conhecimentos e explorar o .NET por dentro.
a) Coloque seu break point dentro do seu código.
b) Rode o projeto.
c) Localize a janela Call Stack ou chame com o atalho: CTRL + ALT + C .
d) Selecione na janela Call Stack as referências e depois Load Symbols conforme figura abaixo.
e) Durante o processo de debug o Visual Studio vai salvar os arquivos de Symbols na pasta cache.


Figura 03 – Janela Call Stack

Definida as configurações você já pode colocar em prática e avaliar por exemplo
a implementação do método DataBind de um GridView. Confira nas
duas figuras seguintes:

Parte 1 – Colocando Break Point no DataBind()

Figura 04 – GridView / DataBind

Parte 2 – Navegando pelo método DataBind() usando “F11”

Figura 05 – DataBind

Parte 3 – Análisando implementação do DataBind do GridView diretamente
no código fonte.


Figura 06 – Dentro do método DataBind.

Referências:
http://weblogs.asp.net/scottgu/archive/2008/01/16/net-framework-library-source-code-now-available.aspx
http://blogs.msdn.com/sburke/archive/2008/01/16/configuring-visual-studio-to-debug-net-framework-source-code.aspx
http://weblogs.asp.net/scottgu/archive/2007/10/03/releasing-the-source-code-for-the-net-framework-libraries.aspx

[],

Ramon Durães
Microsoft MVP

A 2pc Professional Consulting oferece
suporte a migração de projetos para .NET.
Entre me contato:
http://www.2pc.com.br