Microsoft Parallel Extensions to .NET Framework 3.5 (CTP)

Computação Paralela

Eu sou um fã confesso dessa tecnologia. Fique muito empolgado durante uma apresentação do Carlos Hulot em uma das edições do Regional Architect Forum em São Paulo onde tive o primeiro contato com a estratégia do Windows HPC (High-Performance Computing) e a nova gama de possibilidades usando GRID para exploração em larga escala dos recursos de processamento, memória existentes. Com esse novo SO abriu-se um grande leque de oportunidades no mercado antes só disponíveis por meio de grandes estruturas.

Em seqüência com a grande evolução do mercado “Core” e lançamento de novos processadores com maios de um núcleo e disponível a preços acessíveis gerou-se um novo problema inexistente. Como explorar realmente esses recursos e ter uso pleno de todo hardware disponível tirando os melhores proveitos da nova capacidade de processamento que cresce a cada dia. No inicio desse ano tive a oportunidade de participar de um evento na Microsoft em Seattle onde conferir pessoalmente o Anders Hejlsberg “C#” apresentando os novos recursos de computação paralela implementados no LINQ (Language Integrated Query). Nesse momento comecei a ver novas oportunidades de tecnologia que podem potencializar os negócios dos meus clientes que são todos ISV (Independent software vendor).E além do LINQ o que mais me impressionou foi uma consulta usando o PLINQ (Parallel Language Integrated Query) onde acompanhamos o tempo de um processamento normal e o ganho usando o segundo nucleo do processor dual core.

Para iniciar nesse mudando saiu um primeiro
CTP (Community Technology Preview):

Microsoft Parallel Extensions to .NET Framework 3.5
http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=e848dc1d-5be3-4941-8705-024bc7f180ba&displaylang=en

The Manycore Shift White Paper
http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyId=633F9F08-AAD9-46C4-8CAE-B204472838E1&displaylang=en

Introdução ao PLINQ:
http://msdn.microsoft.com/msdnmag/issues/07/10/PLINQ/default.aspx?loc=pt

Recomendo a leitura do post abaixo:
http://blogs.msdn.com/otavio/archive/2007/10/13/a-for-a-do-multicore.aspx

[],

Ramon Durães
Microsoft MVP